Cadernetas de Rondon

As Cadernetas de Rondon, de Aurelio Cordeiro da Fonseca e Tatiana Matos Rezende, 2010, Fundação Cultural Exército Brasileiro, com 288 páginas. Testemunhos de uma epopéia pelos sertões do Brasil 1890 / 1930. Fantástica obra com base nas anotações das expedições de reconhecimento e integração de pessoas e áreas territoriais, de um dos maiores brasileiros e indigenistas.