home       domingo, 23 de abril de 2017
Projeto Soldado Cidadão

O projeto Soldado Cidadão , desenvolvido pela FUNCEB a partir d sucesso do projeto Qualificação de Mão de Obra , de 2002, é um dos principais projetos de educação desenvolvido pela entidade.
O objetivo do projeto é oferecer aos jovens brasileiros, incorporados às Forças Armadas, oportunidades formativas por meio de cursos profissionalizantes que lhes proporcionem melhores condições de competir no mercado de trabalho. O projeto atende às ações de desmobilização do militar temporário, previstas pelo Exército.
De 2002 a 2008 foram habilitados mai de 100 mil jovens, da Marinha, Exército e Aeronáutica. O curso é destinado aos militares temporários das Forças Armadas, quando estiverem próximos de seu licenciamento ativo.
O Projeto foi coordenado pela Fundação Cultural Exército Brasileiro FUNCEBentre 2002 e 2003, período em que capacitou 6.750 (seis mil, setecentos e cinqüenta) profissionais.
Em 2004, com recursos orçamentários do Governo Federal, repassados ao Ministério da Defesa, o Projeto passou a ter uma abrangência maior, atendendo todos os Estados e o Distrito Federal. Qualificou 27.725 (vinte e sete mil, setecentos e vinte e cinco) militares do Exército, atingindo 110 (cento e dez) municípios e utilizando cerca de 1315 salas de aula. Com a Portaria Normativa 1259- MD, de 19 de outubro de 2004, o Ministro da Defesa substituiu o Projeto Soldado Cidadão pelo Programa de Assistência e Cooperação das Forças Armadas à Sociedade Civil/ Soldado Cidadão-PAC, transformando-o, desta forma, em uma ação permanente e com recursos previstos no orçamento da União.
Os cursos foram ministrados pelo SENAI, SENAC, SENAT, SENAR, CEFET/RN e SEBRAE e tiveram carga horária de
Os cursos tiveram uma carga horária de 160 (cento e sessenta) horas, abrangendo: conteúdo programático específico de qualificação profissional, com 140 horas noções básicas de Empreendedorismo, a cargo do Sebrae, com 16 horas e desenvolvimento de palestras sobre o tema “Cidadania, Direitos e Deveres”, por meio da participação voluntária de Juízes Federais que proferiram palestras de 04 (quatro) horas, sobre o assunto.
Após o término das aulas, os alunos aprovados fizeram jus ao Certificado de Conclusão emitido pela respectiva Entidade de Ensino e foram incluídos no Programa Nacional de Estímulo ao Primeiro Emprego para os Jovens.


Cursos prfissionalizantes capacitam e ampliam perspectivas dos jovens soldados
Presidente Lula discursa durante lançamento do programa, em 2008
Soldados durante aula

VOLTAR


Associação Comercial de SP Associação Comercial de SP DPZ FIAT ITAÚ

INSTITUIDORES E PARCEIROS                    LINKS                    TEMPO                    MAPA DO SITE
© Fundação Cultural Exército Brasileiro. Todos os direitos reservados.  Criação FamilySites